Este artigo vai fazer você refletir! Você se considera um viciado em internet? Se a sua resposta é “sim”, cuidado. Um estudo recente revela que os danos causados no cérebro das pessoas que não vivem sem a internet, são os mesmos das pessoas que consomem álcool, maconha e cocaína em excesso. Leia o artigo, e pense a respeito!

Os sintomas causados pelo Distúrbio pelo Vício da Internet são semelhantes aos efeitos das drogas

O estudo analisa os efeitos da Internet Addiction Disorder – IAD, ou Distúrbio pelo Vício da Internet -, que já é reconhecida pelos órgãos de saúde ao redor do planeta, reconhecendo como doente aquelas pessoas que usam a internet de forma excessiva. Os cientistas analisaram o cérebro desses internautas, e descobriram que o vício em internet pode romper fiações nervosas no cérebro, causando assim um nível de dano cerebral semelhante ao que vemos nos viciados em drogas.

Quem liderou o estudo foi o Dr. Hao Lei, da Academia de Ciências de Wuhan, China. Durante os testes, alguns usuários tinham o seu acesso aos computadores negado. Eles experimentaram angústias e sintomas de abstinência, incluindo tremores, pensamentos obsessivos e movimentos involuntários dos dedos – como se estivessem digitando em um teclado imaginário.

Os cientistas utilizaram uma técnica de ressonância magnética por imagem, para olhar os efeitos do vício na internet na estrutura do cérebro. Os estudos foram realizados com 16 adolescentes que usam a internet de forma moderada, e outros 17 internautas que passam muito tempo conectados. Os resultados foram sendo comparados caso a caso.

Vício em internet

Esse tipo de pesquisa, explorando as diferenças entre o cérebro normal e o cérebro de um indivíduo que sofre de vício de internet é algo inovador, já que os resultados mostram um impacto neural semelhante àqueles que sofrem de outros vícios. Isso mostra que as alterações sofridas em determinadas áreas do cérebro não são causadas apenas pelo consumo de substâncias externas, mas também por fatores comportamentais.

O estudo também pode ajudar a requalificar o vício em internet dentro da área médica. Hoje, o vício em internet é classificado como “transtorno compulsivo”, mas pode ser posicionado como “vício” de forma genuína, diante de tais resultados. Porém, novos estudos precisam ser feitos para que o reposicionamento aconteça.

Como saber se você pode estar usando a internet demais a ponto de se tornar um viciado? Leia:

Viciado em internet: descubra 6 sinais de alerta!

Fonte: Clinica Viva Vida

http://www.clinicavivavida.com.br/blog/

 

Cursos sobre dependência química

Muitas vezes, devido ao consumo do álcool e/ou droga, o usuário coloca em risco aspectos importantes de sua vida, tais como família, emprego, saúde. Além disso pode não perceber os problemas decorrentes deste uso ou mesmo negá-los. Nesses momentos, não é raro os membros da família apresentarem sentimentos de raiva ou impotência frente ao usuário ou a situação.

Essas ocasiões deveriam se transformar em buscas de ajuda em unidades de saúde, conversas com um profissional e pessoas de referência na sua comunidade, adesão a grupos de ajuda e cursos.

Dependência Química:Como lidar?

Para lidar com um dependente químico, primeiro é preciso conhecer a doença, os sintomas de abstinência, a prevenção de recaídas e as questões psíquicas e emocionais que envolvem a dependência química.

A família é parte importante na recuperação do dependente químico e é a mais indicada para auxiliá-lo. Graças compreensão e a criatividade baseada na afetividade, ele mesmo poderá encontrar uma saída para a enrascada na qual se meteu, muitas vezes sem querer ou sem saber por quê!

Busque informações corretas sobre as drogas, pois os filhos deixam de acreditar no que os pais dizem quando percebem que as informações repassadas não correspondem à realidade.

Aqui você encontra alguns cursos completos sobre como lidar com a dependência química, e assim poder ajudar o dependente químico. Vale a pena fazer!

Conheça os cursos sobre a Dependência de Cocaína, Crack, Álcool e Maconha!

COMECE AGORA!

Curso – Dependência de Cocaína e Crack: como lidar?
O curso “Dependência de Cocaína e Crack: como lidar?” é direcionado ao público geral, desde profissionais da área da saúde, educação a pais de dependentes químicos. Curso de fácil compreensão. Textos, vídeo aula, vídeos sobre o tema, textos complementares e questionários. Mais informações >>

 

Curso Dependência de Álcool: como lidar?Curso Dependência de Álcool: como lidar?

É direcionado ao público geral, desde profissionais da área da saúde, educação a pais de dependentes químicos. Desenvolvido com linguagem rápida e de fácil compreensão. Leituras de textos, vídeo aula, vídeos sobre o tema, textos complementares e questionários. Mais informações >>

Dependência de Maconha: como lidar?Dependência de Maconha: como lidar?

O curso “Dependência de Maconha: como lidar?” é direcionado ao público geral, desde profissionais da área da saúde, educação a pais de dependentes químicos ou a quem esteja interessado em expandir seus conhecimentos e aprender informações atuais e práticas sobre a dependência de maconha. Mais informações >>

 

Para saber mais informações ou esclarecer dúvidas entre em contato conosco: sossobriedade@gmail.com

 

 

Share