Comprar faz parte do nosso cotidiano, mas quando se torna uma compulsão pode trazer problemas. Saiba se você é um comprador compulsivo!

Todos nós, seres humanos, buscamos atender nossas necessidades básicas e também gratificações que nos tragam prazer e conforto.

Compramos desde produtos essenciais, como alimentos, até objetos supérfluos. Alguns preferem comprar somente o que precisam e há os que são consumistas assumidos. Pessoas que adoram fazer compras.

compra compulsiva-1r

Gostar de comprar não é ruim, na verdade, o problema é quando a pessoa não consegue controlar os impulsos de comprar.  Não é aquele impulso momentâneo, que quase todo mundo já passou, como comprar algo que não precisava porque estava na liquidação, por exemplo. A compulsão por compras vai muito além.

O compulsivo por compras tem um desejo irresistível de comprar pois algo em sua vida não vai bem. O ato de comprar é vivido pela pessoa como um alívio, por ter dificuldade em lidar com suas emoções. Com isso, ela acaba comprando, muitas vezes, em grandes quantidades e itens desnecessários. O compulsivo por compras gasta mais do que pode e, depois, sente remorso ou tristeza de ter gastado o que não deveria.

Enquanto o consumista vai comprar apenas porque gosta, o compulsivo por compras vai gastar porque está ansioso ou estressado, por exemplo.

Quando uma pessoa é diagnosticada ou suspeita que sofra de compulsão por compras, é recomendável que ela procure ajuda profissional para conseguir tratar o problema. O tratamento mais eficaz é a psicoterapia.

Veja também:

 

Fonte: http://www.ctviva.com.br/blog/consumismo-ou-compulsao-qual-a-diferenca/


Share