É normal que os pais se preocupem com a questão das drogas. E o que fazer para evitar e prevenir que os filhos entrem no mundo das drogas? Conheça algumas dicas que podem ajudar!

Prevenir no sentido de propiciar aos filhos amplos conhecimentos sobre o homem e a sociedade, bem como sobre as agressões modernas que nesta ocorrem contra uma vida saudável.

Transmitir tais conhecimentos e informações dentro de um contexto de amor, carinho e diálogo é a melhor maneira de propagar valores sólidos que podem representar proteção eficazes contra as ameaças que pairam sobre nossas vidas, inclusive as drogas.

Para tanto, é fundamental que os pais transmitam a ideia de uma vida saudável a partir do próprio exemplo. Ao mesmo tempo, cabe a eles demonstrar consciência e serenidade diante dos problemas sociais, entre os quais os tóxicos.

Ainda há muitos preconceitos cercando o assunto, e muitos pais se recusam a encará-los. As informações co
ntidas nos capítulos anteriores desta publicação podem ajudar  superar preconceitos e receios, mostrando a dimensão real da presença das drogas entre nós.

Como não existem vacinas contra as drogas, cabe aprender a conviver com elas no cotidiano social, sem se deixar subjugar nem amedrontar. É verdade que elas podem alcançar qualquer pessoa e, portanto, qualquer família, independente de posição social, bairro, raça ou religião. Mas é verdade também que há muitas maneiras de se prevenir para que isto não ocorra, ou, ainda para que tal incidência seja mínima.

A confirmação da presença de drogas na família não é motivo para desespero. Na grande maioria das vezes, trata-se de experimentação e não de “vício”. Ademais, não esquecer que nenhuma “viciado” está “perdido” ou “irrecuperável”. A solução do seu “problema” dependerá muito da compreensão e da assistência que encontrar.Pais_e_filhos

Se a vida familiar se basear em confiança mútua, não haverá razão para que os pais se empenhem como detetives dos filhos. Estabelecer confiança é pois um pré-requisito indispensável para toda educação preventiva, tanto na família com na escola. Querer policiar os filhos não representa uma atitude adequada, muito menos de prevenção, pois suscita desconfiança, temor e terror na família.

E quando o problema do uso de drogas já existe?

Busque ajuda!

Muitas vezes, devido ao consumo do álcool e/ou droga, o usuário coloca em risco aspectos importantes de sua vida, tais como família, emprego, saúde. Além disso pode não perceber os problemas decorrentes deste uso ou mesmo negá-los. Nesses momentos, não é raro os membros da família apresentarem sentimentos de raiva ou impotência frente ao usuário ou a situação.
Essas ocasiões deveriam se transformar em buscas de ajuda em unidades de saúde, conversas com um profissional e pessoas de referência na sua comunidade, adesão a grupos de ajuda e cursos.


Dependência Química:Como lidar?


Para lidar com um dependente químico, primeiro é preciso conhecer a doença, os sintomas de abstinência, a prevenção de recaídas e as questões psíquicas e emocionais que envolvem a dependência química.

A família é parte importante na recuperação do dependente químico!


Busque informações corretas sobre as drogas, pois os filhos deixam de acreditar no que os pais dizem quando percebem que as informações repassadas não correspondem à realidade.
Aqui você encontra alguns cursos completos sobre como lidar com a dependência química, e assim poder ajudar o dependente químico. Vale a pena fazer!

Conheça os cursos sobre a Dependência de Cocaína, Crack, Álcool e Maconha!
COMECE AGORA!
Curso – Dependência de Cocaína e Crack: como lidar?
O curso “Dependência de Cocaína e Crack: como lidar?” é direcionado ao público geral, desde profissionais da área da saúde, educação a pais de dependentes químicos. Curso de fácil compreensão. Textos, vídeo aula, vídeos sobre o tema, textos complementares e questionários. Mais informações >>

Curso Dependência de Álcool: como lidar?Curso Dependência de Álcool: como lidar?

É direcionado ao público geral, desde profissionais da área da saúde, educação a pais de dependentes químicos. Desenvolvido com linguagem rápida e de fácil compreensão. Leituras de textos, vídeo aula, vídeos sobre o tema, textos complementares e questionários. Mais informações >>

Dependência de Maconha: como lidar?Dependência de Maconha: como lidar?

O curso “Dependência de Maconha: como lidar?” é direcionado ao público geral, desde profissionais da área da saúde, educação a pais de dependentes químicos ou a quem esteja interessado em expandir seus conhecimentos e aprender informações atuais e práticas sobre a dependência de maconha. Mais informações >>

Para saber mais informações ou esclarecer dúvidas entre em contato conosco: sossobriedade@gmail.com

Share