A desintoxicação de cocaína busca ajudar o paciente a evitar a volta ao uso e a aliviar os sintomas de abstinência causados pela falta da droga. Saiba o que acontece durante desintoxicação cocaína!

Seja qual for o tipo de desintoxicação de cocaína que o dependente escolher, o objetivo maior de um programa de detox consiste em ajudar o paciente a evitar a reincidência do uso da droga e a iniciar o processo de recuperação. As complicações médicas ou problemas diversos podem surgir durante a desintoxicação de cocaína, em função a readaptação do organismo ao seu funcionamento normal (sem a droga).

Nesta fase, o dependente de cocaína vive diversos sintomas físicos e emocionais, crises e conflitos internos até se estabilizar, e assim, poder avançar no tratamento.

Para isso o programa de recuperação do paciente deve considerar algumas questões fundamentais:

Avaliação

A primeira coisa que acontece ao entrar num programa de desintoxicação de cocaína é uma avaliação física completa e psicológica. Aqui, o paciente é livre para partilhar a sua história pessoal médico e psiquiátrico, bem como a sua história de droga para garantir que o devido cuidado e atenção são dadas.

Avaliação dos resultadossinais da dependência química

Após uma discussão física e uma com um médico e psicoterapeuta, o paciente pode tomar parte na avaliação dos resultados. Juntamente com sua equipe de tratamento da dependência, a equipe e o paciente podem juntos começar a desenvolver o plano de tratamento inicial para tratar de questões imediatas.

Diagnóstico

Em alguns casos, pode ser claro que uma comorbidade exista, mas não deve ser diagnosticada precocemente, não enquanto os sintomas de abstinência estiverem acontecendo. Se este for o caso, outros testes podem ser necessários para determinar qual o tipo de comorbidade existente e o tratamento necessário.

As questões de medicação

Em alguns casos a medicação é indicada, principalmente em casos com distúrbios mais graves e que comprometam o a fase de desintoxicação, o tratamento e o processo de recuperação.

Assistência médica

A assistência médica é fornecida como necessária durante todo o curso de reabilitação de cocaína, mas é mais intensivo em termos de monitoramento e check-ins durante a fase inicial do tratamento após o primeiro paciente pára de abusar de cocaína e outras drogas.

 

Busque ajuda!

Muitas vezes, devido ao consumo de droga, o usuário coloca em risco aspectos importantes de sua vida, tais como família, emprego, saúde. Além disso pode não perceber os problemas decorrentes deste uso ou mesmo negá-los. Nesses momentos, não é raro os membros da família apresentarem sentimentos de raiva ou impotência frente ao usuário ou a situação.
Essas ocasiões deveriam se transformar em buscas de ajuda em unidades de saúde, conversas com um profissional e pessoas de referência na sua comunidade, adesão a grupos de ajuda e cursos.

Dependência Química:Como lidar?


Para lidar com um dependente químico, primeiro é preciso conhecer a doença, os sintomas de abstinência, a prevenção de recaídas e as questões psíquicas e emocionais que envolvem a dependência química.

A família é parte importante na recuperação do dependente químico!

 

Busque informações corretas sobre as drogas, pois os filhos deixam de acreditar no que os pais dizem quando percebem que as informações repassadas não correspondem à realidade.
Aqui você encontra alguns cursos completos sobre como lidar com a dependência química, e assim poder ajudar o dependente químico. Vale a pena fazer!

Conheça o curso sobre a Dependência de Cocaína e Crack!

COMECE AGORA!

Curso – Dependência de Cocaína e Crack: como lidar?

O curso “Dependência de Cocaína e Crack: como lidar?” é direcionado ao público geral, desde profissionais da área da saúde, educação a pais de dependentes químicos. Curso de fácil compreensão. Textos, vídeo aula, vídeos sobre o tema, textos complementares e questionários. Mais informações >>

 

 

Para saber mais informações ou esclarecer dúvidas entre em contato conosco: sossobriedade@gmail.com

 

 

Share