Existem diversas formas de tratamento para ajudar o alcoolista para deixar de beber Veja como parar de beber bebidas alcoólicas!

O Alcoolismo é uma doença crônica que afeta o organismo da pessoa e também o seu psiquismo e suas relações sociais. Este consumo exagerado pode causar sérias doenças físicas e psíquicas, além de afetar todas as áreas da vida da pessoa, como família, social, profissional entre outras, até levar à morte.

Muitas pessoas conseguem beber poucas doses sem adquirir a dependência do álcool, enquanto outras pessoas começam no uso social, e sem perceber, no decorrer deste uso tornam-se cada vez mais compulsivas perdendo o controle sobre si mesma e sua vontade.

Parar de beber não é uma coisa tão fácil depois que uma pessoa torna-se dependente. Quando a doença se instala, o desejo de beber se torna mais forte e a pessoa bebe muitas vezes contra a sua vontade.

Sendo assim, quando uma pessoa atinge este nível de dependência do álcool é hora de buscar ajuda.

Existem diversas formas de tratamento para a pessoa que deseja parar de beber:

Grupos de Apoio e de ajuda mútua

 alcoolismo

Os grupos de Apoio foram umas das primeiras modalidades no tratamento específico para dependentes de álcool. O mais conhecido deles é o Alcoólicos Anônimos – AA, uma irmandade formada por dependentes de álcool que se ajudam mutuamente. Nas reuniões do AA, os membros, todos alcoolistas, partilham suas experiências de vida e como conseguiram parar de beber.

Para saber onde encontrar o AA, confira os endereços e telefones no link abaixo:

Tratamento sob regime de internação

Existem duas modalidades de tratamento sob regime de internação:

– Clínicas de recuperação

As clínicas de recuperação são uma forma de tratamento sobre regime de internação, tanto voluntária quanto involuntária. Normalmente o tratamento nas clínicas são mais individualizados, embora exista a convivência entre os pacientes. O tratamento pode incluir desde o tratamento medicamentoso, quanto os grupos de apoio, terapias individuais e grupais, entre outros modelos psicossociais.

Comunidades Terapêuticas

As comunidades terapêuticas oferecem um tratamento diferenciado sobre um regime residencial, ou seja, um modelo que busca trazer para o paciente um ambiente familiar que busca fazer com que o residente tenha o convívio entre os pares, como se fosse em sua casa. Nas comunidades terapêuticas o tratamento é voluntário, ou seja, a pessoa fica se quiser, e pode também incluir o tratamento medicamentoso, terapias de grupo e individuais e outros modelos psicossociais.

Terapia de Grupo

As terapias de grupo são parecidas com os grupos de apoio, mas com a diferença que existe um moderador ou supervisor, normalmente um terapeuta, psicólogo ou outro tipo de profissional. Neste tipo de terapia as partilhas também são utilizadas, mas também a retorno das outras pessoas ou do moderador.

Terapia individual

A terapia individual é mais uma opção muito importante no tratamento do alcoolismo, pois ajuda o alcoolista a identificar pontos importantes que o levam a beber, bem como identificar os fatores de proteção a fim de desenvolver estratégias de ação para evitar uma recaída futura.

Através da terapia individual também são tratadas doenças que possam estar relacionadas ao alcoolismo, como a depressão.

Medicamentos

O tratamento medicamentoso é usado como um complemento no tratamento do alcoolismo, principalmente na fase de desintoxicação, a fim de aliviar os sintomas de abstinência.

 

CAPs – AD (Centro de Atenção Psicossocial – Álcool e Drogas)

O CAPs-AD é outra modalidade de tratamento que pode incluir tanto o tratamento medicamentoso, quanto as terapias de grupo e individuais. Neste modelo, o dependente não precisa ficar internado, exceto na fase de desintoxicação.

Para saber mais sobre o CAPS-AD, leia o artigo:

Busque ajuda!

Muitas vezes, devido ao consumo do álcool, o usuário coloca em risco aspectos importantes de sua vida, tais como família, emprego, saúde. Além disso pode não perceber os problemas decorrentes deste uso ou mesmo negá-los. Nesses momentos, não é raro os membros da família apresentarem sentimentos de raiva ou impotência frente ao usuário ou a situação.
Essas ocasiões deveriam se transformar em buscas de ajuda em unidades de saúde, conversas com um profissional e pessoas de referência na sua comunidade, adesão a grupos de ajuda e cursos.

Dependência do Álcool:Como lidar?


Para lidar com um dependente do álcool, primeiro é preciso conhecer a doença, os sintomas de abstinência, a prevenção de recaídas e as questões psíquicas e emocionais que envolvem a dependência química.

A família é parte importante na recuperação do dependente químico!

 


Busque informações corretas sobre a dependência do álcool e o tratamento correto, bem como a melhor maneira de lidar com o problema.
Aqui você encontra alguns cursos completos sobre como lidar com a dependência do álcool, e assim poder ajudar a pessoa que sofre com este problema. Vale a pena fazer!

 

Curso Dependência de Álcool: como lidar?Curso Dependência de Álcool: como lidar?

É direcionado ao público geral, desde profissionais da área da saúde, educação a pais de dependentes químicos. Desenvolvido com linguagem rápida e de fácil compreensão. Leituras de textos, vídeo aula, vídeos sobre o tema, textos complementares e questionários. Mais informações >>

Para saber mais informações ou esclarecer dúvidas entre em contato conosco: sossobriedade@gmail.com

Share