Os cogumelos são usados há milhares de anos como alucinógenos e atuam diretamente no sistema nervoso central. Conheça os efeitos dos cogumelos no organismo!

Os cogumelos possuem um grau de alucinação que podem  variar de acordo com a expecativa da pessoa pela droga e o organismo da pessoa. Esta droga, embora não cause dependência e nem síndrome de abstinência, possui um grau de intoxicação muito alto, o que pode afetar, e muito, o funcionamento do cérebro.

Existem vários tipos de cogumelos usados entre eles:

Amanita Muscaria

 Amanita Muscaria

Possui dois tipos de alucinógenos sendo muscimol e ácido ibotêmico. Esses alucinógenos estimulam os neurotransmissores GABA (inibitório) no sistema nervoso central.

Os primeiros efeitos da droga são desorientação, sono, falta de coordenação. Posteriormente ocorre euforia intensa, falta de noção de tempo, alucinações visuais e alterações de humor como a fúria, por exemplo. Se usado em grande quantidade pode causar intoxicação e em alguns casos pode ser letal.

Psilocybe Cubensis

Estimula oPsilocybe Cubensiss receptores de acetilcolina situados no cérebro e no sistema nervoso. Seu uso provoca salivação, perda de controle da urina e das fezes, lacrimejamento, cólicas, náuseas, vômitos, queda do ritmo cardíaco e da pressão arterial. Seus alucinógenos são semelhantes ao LSD e provoca euforia, sonolência, visão obscura, pupila dilatada entre outros e seu efeito dura em torno de três horas.

Aviso Importante!

*Embora os cogumelos não causarem dependência, o uso contínuo desta droga pode causar sérios transtornos e desorganização na estrutura cerebral, bem como afetar outras áreas como a estrutura emocional, social, entre outras.

Share