O tratamento medicamentoso para quem quer parar de fumar maconha. Conheça o tratamento farmacológico para tratamento e desintoxicação da maconha!

O uso de medicamentos para usuários de maconha é direcionado para os estados de intoxicação aguda por cannabis, nas psicoses resultantes do uso e na busca por outras comorbidades psiquiátricas, como por exemplo a depressão, ansiedade, transtorno de déficit de atenção e esquizofrenia.

Para saber mais sobres as comorbidades, leia os artigos:

Alguns autores relatam que a maconha possui efeitos antidepressivos, o que leva algumas pessoas a se automedicarem, com o propósito de aliviar os sintomas depressivos. Por outro lado, pesquisas afirmam que alguns pacientes usuários de maconha desenvolvem sintomas depressivos após um longo período de uso de maconha.

Diante deste contexto, torna-se necessário a realização de mais estudos clínicos a respeito do uso de maconha, como forma de identificar as características dos indivíduos que abusam da droga e possuem alto risco para a depressão.

São poucas as emergências médicas ou psiquiátricas com usuários de maconha, mas quando ocorrem, estão ligadas ao uso crônico e de altas doses, e normalmente em conjunto com outras substâncias psicoativas.maconha

A maconha tem um potencial relaxante e muitas pessoas sentem algum tipo de efeito indesejável ao fumá-la pela primeira vez. Quando isso acontece os amigos, em geral os pares de consumo, conseguem socorrer com medidas de suporte que são suficientes para a resolução do problema.

Em alguns casos, pessoas menos experientes com a droga passam por crises de ansiedade e pânico, o que exige a intervenção de um suporte mais especializado, como por exemplo as redes de saúde pública. Em raras situações pode ser utilizado um benzodiazepínico para diminuir a ansiedade.

 

Busque ajuda!

Muitas vezes, devido ao consumo do álcool e/ou droga, o usuário coloca em risco aspectos importantes de sua vida, tais como família, emprego, saúde. Além disso pode não perceber os problemas decorrentes deste uso ou mesmo negá-los. Nesses momentos, não é raro os membros da família apresentarem sentimentos de raiva ou impotência frente ao usuário ou a situação.
Essas ocasiões deveriam se transformar em buscas de ajuda em unidades de saúde, conversas com um profissional e pessoas de referência na sua comunidade, adesão a grupos de ajuda e cursos.

Dependência Química:Como lidar?


Para lidar com um dependente químico, primeiro é preciso conhecer a doença, os sintomas de abstinência, a prevenção de recaídas e as questões psíquicas e emocionais que envolvem a dependência química.

A família é parte importante na recuperação do dependente químico!

 


Busque informações corretas sobre as drogas, pois os filhos deixam de acreditar no que os pais dizem quando percebem que as informações repassadas não correspondem à realidade.
Aqui você encontra alguns cursos completos sobre como lidar com a dependência química, e assim poder ajudar o dependente químico. Vale a pena fazer!

 

Conheça o curso sobre a Dependência de Maconha!
COMECE AGORA!

 

Dependência de Maconha: como lidar?Dependência de Maconha: como lidar?

O curso “Dependência de Maconha: como lidar?” é direcionado ao público geral, desde profissionais da área da saúde, educação a pais de dependentes químicos ou a quem esteja interessado em expandir seus conhecimentos e aprender informações atuais e práticas sobre a dependência de maconha.

 

Para saber mais informações ou esclarecer dúvidas entre em contato conosco: sossobriedade@gmail.com

 

 

Share