A candidíase é uma infecção causada pelo fungo Candida albicans e que ataca qualquer parte da pele humana. Saiba mais sobre a candidíase e quais o sintomas!

Candidíase, o que é e quais os sintomas

Candidíase, o que é e quais os sintomas 

Normalmente, a candidíase afeta com mais frequência a parte interna da boca e os órgãos genitais. A candidíase pode afetar tanto homens quanto mulheres, mas os bebês que nascem de parto normal de mãe infectada também podem ser afetados. Uma outra manifestação desta doença é a candidíase intestinal. Ela ocorre em pessoas com o sistema imunológico comprometido e pode se disseminar por todo o corpo, sendo chamada de candidíase sistêmica.

Sintomas de Candidíase


Os sintomas da candidíase variam, dependendo do tecido acometido. Na infecção da boca, as características são placas cremosas, brancas e dolorosas.

1. Na mulher, os sintomas da candidíase vaginal são:


  • coceira na vagina;
  • vermelhidão na parte genital exterior,
  • dor ou ardor ao urinar,
  • corrimento branco espesso, tipo leite coalhado;
  • dor durante as relações.


2. Os sintomas da candidíase no homem são:


  • Dor durante o contato íntimo,
  • Assadura na glande,
  • Ardor ao urinar,
  • Leve inchaço do órgão genital masculino

Em alguns homens pode surgir também um eventual corrimento, semelhante ao sêmen.


3. Sintomas da Candidíase Intestinal:


Presença de pequenos resíduos esbranquiçados nas fezes e, quando ela atinge o sistema sanguíneo, podem surgir sinais e sintomas em outras regiões do corpo, como alterações no sistema digestivo, nervoso, excretor, endócrino e na pele.

Candidíase, o que é e quais os sintomas

Causas da Candidíase


As causas da candidíase podem ser:

  • Comprometimento do sistema imune: doenças, tratamento do câncer, AIDS;
  • Relações sem preservativo;
  • Diabetes descompensada;
  • Uso de pílulas com alta concentração de estrogênio;
  • Uso de antibióticos;
  • Gravidez;
  • Alergias;
  • Uso da corticoides;
  • Infecção com HPV;
  • Menopausa;
  • Má higiene pessoal, como limpar-se de trás para frente após evacuar.

A candidíase é uma doença infecciosa oportunista, causada pela proliferação dos fungos que normalmente habitam a flora intestinal e genital, devido a uma baixa no sistema imunitário. Não é considerada uma DST.

Diagnóstico da Candidíase


O diagnóstico da candidíase é feito através da observação dos seus sintomas, não sendo necessário realizar exames complementares. Entretanto, em alguns casos, pode ser diagnosticada através do papanicolau, pois seus sintomas podem ser brandos e não serem percebidos pelo indivíduo.

Candidíase é DST?


A candidíase não é uma DST, pois geralmente está relacionada à proliferação do fungo por uma alteração biológica do corpo humano.

Tratamento para Candidíase


O tratamento para candidíase deve ser feito com uso de medicamentos e uma dieta pobre em açúcares, carboidratos e amidos. As medicações antifúngicas devem ser aplicadas diretamente na área infectada. No caso da candidíase sistêmica, recomenda-se tomar remédio em forma de comprimido. O remédio caseiro para a candidíase pode ser uma opção complementar e natural para combater a doença.

É importante que o indivíduo que sofre de vários episódios de candidíase em um mesmo ano tenha uma atenção especial, recorrendo a um especialista.

Recomendamos dois artigos sobre medicamentos farmacêuticos, tratamentos naturais e remédios caseiros para a candidíase:



Dieta para Candidíase


Na dieta para a candidíase se recomenda evitar açúcares e carboidratos, dando preferência aos alimentos ricos em vitamina A e D. Esse tipo de alimentação favorece o sistema imune, fazendo com que o organismo consiga vencer o fungo e, portanto, a doença.

Prevenção da candidíase


Para a prevenção da candidíase recomenda-se ter hábitos de vida saudáveis, alimentando-se de forma equilibrada, praticando algum tipo de atividade física e:

  • Evitar roupas íntimas que não sejam de algodão;
  • Lavar a região genital somente com água e sabonete neutro ou próprio para a região;
  • Sempre que possível, dormir sem roupas íntimas;
  • Evitar usar diariamente meia calça ou calça comprida muito justa;
  • Prefira papel higiênico branco e sem perfume;
  • Evite absorventes internos.

Ao seguir estas dicas as chances de desenvolver candidíase diminui, mas indivíduos com pré disposição genética podem desenvolver a candidíase mesmo seguindo todas estas dicas.

Tweet

Veja também:                                                                                                                                            
                                                                                                                                                                      
Fonte:
http://www.tuasaude.com/candidiase/
http://pt.wikipedia.org/wiki/Candid%C3%ADase
Share