Se prevenir contra DSTs (doenças sexualmente transmissíveis) e a gravidez com o uso do preservativo é fundamental para a saúde. Mas, e o anticoncepcional? Confira as dicas sobre as vantagens e desvantagens dos anticoncepcionais!


5 dicas sobre anticoncepcionais

Há muitas opções, mas é sempre bom lembrar que cabe ao médico prescrever o medicamento.

Vale a pena ler também:
Como tomar anticoncepcional
Conheça os 10 melhores métodos anticoncepcionais
O uso de anticoncepcionais e a futura gravidez

1- O uso de pílulas anticoncepcionais por longos períodos diminui o risco de tumores de ovário, do endométrio e do colorretal.

2- A pílula pode ser utilizada também no tratamento da endometriose (doença caracterizada pela presença de tecidos fora do útero), da menorragia (fluxo menstrual intenso) e de miomas uterinos.

5 dicas sobre anticoncepcionais
3- Os anticoncepcionais orais que possuem a drospirenona diminuem a retenção de líquido e inchaço, o que favorece a manutenção do peso.


4- Esse tipo de medicamento também melhora os sintomas emocionais e físicos característicos da TPM, como nervosismo, ansiedade, alterações de humor, irritabilidade, cólicas menstruais, mastalgia (dor nas mamas), cefaléia (dor de cabeça) e distúrbios de apetite e do sono.


5- Pílulas com dropirenona ou acetato de ciproterona reduzem a produção sebácea, isto é, da oleosidade responsável pela formação de cravos e espinhas.

Tweet

Veja também:                                                                                                                                            

                                                                                                                                                                      
Share